Marketing Digital

O que é marketing digital?

O Marketing Digital é o conjunto de atividades online para qualquer porte de empresas (micro, pequena, média e grande) com finalidade de atrair novos negócios e promover produtos, serviços e marcas. Dessa forma, o marketing digital possui várias vantagens com relação ao marketing tradicional: melhor retorno sobre investimentos, métricas mais claras, facilidade para mensurar resultados e menor investimento.

As vantagens do Marketing Digital

1. Alcance Global:

Alcance Global: No marketing tradicional para promover uma marca, produto ou serviço era necessário um grande investimento em mídias (outdoors, revistas, rádios, etc.) para alcançar outras regiões, sem contar com a produção de materiais (gráficas, produtoras, etc.).

Já no marketing digital para promover produtos, serviços e marcas, já não existem limites geográficos, qualquer pessoa que tem acesso à internet pode interagir a qualquer momento.

2. Tempo real:

No marketing tradicional um anúncio de revista não pode ser mudado após sua impressão e distribuição. Além da mensuração e experiência do público alvo que será obtida depois de muitos dias, correndo um grande risco de baixa performance da campanha e podendo desperdiçar totalmente o investimento aplicado.

Já no marketing digital que tem como base a plataforma web, tudo pode ser acompanhado em tempo real, personalizado e podendo ser ajustado de acordo com a performance da campanha e experiência com o público alvo.

3. Segmentação:

Fazendo uso de ferramentas de marketing online é possível executar campanhas extremamente segmentadas (por regiões, pessoas, profissões, hobbies, etc.) direcionadas para o público potencial, fazendo com que o investimento não seja desperdiçado.

4. Interação :

A interatividade com o público-alvo no marketing online é constante, por meio de tecnologias de dispositivos móveis (sempre à mão) ou desktop, e através de ferramentas de relacionamentos e redes sociais, criando interações ricas entre empresas e clientes a todo o momento.

5. Experiência (personalização):

A plataforma web possibilita uma melhor experiência de interação do público-alvo com o produto, serviço e a marca.

6. Dados:

Todo vez que um consumidor interage com uma mídia digital (site, blog, landing page, e-commerce, etc.) é possível obter diversos dados riquíssimos em informações para direcionar estratégias, além da economia de tempo e o baixo investimento financeiro.

7. Comunicação:

A comunicação online permite que os consumidores tenham uma experiência com o anúncio que acabaram de ver em tempo real, podendo efetuar uma possível compra a qualquer momento. Quando comparado com o marketing tradicional (TV, rádio, revista, outdoor, etc.) que não oferece uma interatividade em tempo real, as vantagens da comunicação do marketing digital ultrapassam as expectativas no quesito estratégia, efetivação de vendas, menor custo e benefício.

Principais métricas

Existem centenas de estatísticas e combinações analíticas que podem acompanhar e dar uma visão de esforços de marketing e comportamento do cliente, e nem todas as métricas são relevantes para o plano de marketing. Podemos destacar algumas métricas importantes em três grandes categorias (tráfego, conversões e receita) que são universalmente aplicáveis ​​para julgar o sucesso do marketing digital.

Brand Awareness (notoriedade da marca)

1. Esta métrica foi projetada para negócios digitais que procura capturar mudanças na consciência da marca online ao longo do tempo. Esta medida é única, pois fornece informações sobre quantas vezes a sua marca é mencionada on-line, que inclui fontes como redes sociais, sites de terceiros e blogs. Olhando para o número de pessoas que estão procurando sua marca nos motores de busca, fornecendo uma ótima visão sobre a consciência de sua marca.

Fontes de tráfego

2. Mostra como as pessoas estão encontrando seu site, como pesquisas orgânicas ou mídias sociais, e como eles estão envolvidos com seu site (tempo médio no site e vistas por páginas). Uma vez que um tempo médio de visitação à página definido (por exemplo: Tempo médio no local foi maior ou menor que 10 segundos), os novos visitantes são categorizados como envolvidos ou não envolvidos.

Visitas únicas

3. Rastreia o que acontece quando alguém retorna ao seu site várias vezes. Esta métrica permite que os negócios digitais vejam o quão eficaz eles são na construção e retenção de uma audiência online. Isto é particularmente importante para demonstrar o valor dos esforços de marketing de conteúdo.

Retorno sobre o Investimento (ROI)

4. Mede a quantidade de receita que uma campanha de marketing está gerando em comparação com o custo de executar essa campanha. Os comerciantes efetivos são levados a conectar seu tempo, energia e propaganda com resultados que contribuem para o crescimento da empresa.

Custo de Aquisição de Clientes (CAC)

5. Indica quantos recursos são gastos para que alguém se torne um cliente para determinada empresa ou negócio. O cálculo é realizado por meio da soma de todos os gastos com marketing, dividido pelo número de aquisição de clientes.

Ticket médio

6. Métrica que aponta o valor que cada cliente gasta, em média, nos produtos e serviços de uma determinada empresa.

Valor do tempo de vida do cliente (Lifetime Value ou LTV)

7. Essa métrica consiste na receita média que cada cliente gera para uma determinada empresa ao longo do tempo que fazem negócios.

Taxa de Cliques (CTR)

8. Mede quantos cliques tiveram numa determinada campanha, comparado com o número de vezes que o anúncio apareceu.

Normalmente, o CTR é utilizado em forma de porcentagem, seguindo a fórmula: CTR (%) = (Número de cliques no anúncio / Número de impressões) x 100

Custo por clique (CPC)

9. Determina quanto está sendo investido para que cada pessoa chegue até uma determinada página do um determinado site.

CPC = Custo da campanha / Número de cliques obtidos.

Custo por lead (CPL)

10. Determina o custo de aquisição de leads (construir um relacionamento com potenciais clientes).

CPL = Investimento total na campanha / Número de leads gerados.

Taxa de conversão

11. Consiste na razão entre o número de visitas em um determinado site e o número de visitantes que de fato tomaram a ação desejada.

Taxa de conversão do funil

12. Mede a eficiência de cada etapa realizada para uma aquisição (vendas) de um produto e serviço de uma determinada empresa.

Tempo gasto no site

13. Mostra o tempo médio que cada usuário gasta em um determinado site, ajuda identificar se o conteúdo está atrativo.

Estratégias do marketing digital mais utilizadas

Marketing de Conteúdo (branded content)

1. Uma maneira de aproximar as marcas com o público-alvo através de conteúdos relevantes (vídeos, whitepapers, ebooks, notícias, etc.) capazes de construir progressivamente uma relação de confiança e preferência na aquisição de produtos e serviços.

SEO - Otimização de sites para motores de buscas

2. É o conjunto de estratégias e técnicas com o objetivo de melhorar o posicionamento de um site nas páginas de resultados orgânicos (não pagos) nos sites de busca gerando conversões. Tecnicamente é um trabalho realizado por profissionais ou agências com base nos parâmetros dos buscadores (Google, Bing, etc.) com o objetivo de melhorar a relevância para os usuários nas pesquisas.

Links patrocinados

3. É um tipo de publicidade online que são realizadas em diversas mídias (Google, Facebook, Instagram, Twitter, Youtube, etc) oferecendo um link para o usuário acessar um produto, serviço, campanha e diversos tipos de ações.

Redes Sociais

4. As redes sociais são fundamentais para vários tipos de relações, que compartilham valores e objetivos comuns, além de manter conectados pessoas, lugares, negócios, etc. Tecnicamente, o engajamento e interação com o público alvo nas redes sociais, por sua vez, podem potencializar a aquisição de produtos e serviços de uma determinada empresa através de estratégias digitais bem definidas.

Big Data

5. É a utilização de grande quantidade de dados disponíveis, online e off-line, para aprimorar e desenvolver ações em um negócio.

Mobile marketing

6. É o termo utilizado para definir ações de marketing realizadas através de celulares ou dispositivos móveis, sendo uma estratégia essencial para qualquer negócio na atualidade. Isso porque, cada vez mais as pessoas usam seus aparelhos móveis como principal fonte de acesso à internet.

E-mail marketing

7. É a utilização do e-mail como ferramenta de marketing direto para criar relacionamentos através de campanhas otimizadas, analisando o retorno gerado através de relatórios e análises gráficas, respeitando normas e procedimentos pré-definidos.

Ligamos para você!

Que tal receber um contato de um especialista de marketing digital e tirar dúvidas de como solucionar questões de seus negócios?